Você está gostando do
novo mangá Boruto ?


Gostei Muito !
Precisa Melhorar
Muito Fraco
Atenção ! Boruto Episódio 08 - A Revelação do Sonho ! será lançado dia 24/05/2017 aqui entre 06:30 e 07:30 da manhã !
Kakashi Hiden - Capítulo 13
Postado Por: Gaara
Data: 2015-04-15 01:31:37

A novela "Naruto - Kakashi Hiden: Hyoten no Ikazuchi" lançada em 04 de fevereiro, junto com volume 72 da série regular, traz Hatake Kakashi como Sexto Hokage e o personagem principal da história. A novela é escrita por Akira Higashiyama (roteirista do filme Naruto Shippuden: Blood Prison).



Para ver outras partes do livro acesse aqui.

-----------------------------------------------------------------------------

Capitulo 13 - Escada Para o Céu 

Página 181

A primeira página é capa.

Páginas 182 e 183

Kakashi abraça Kahyo, bloqueando seu campo de visão. Ela acabará de perder seu irmão mais velho. Em agonia, bate com os punhos no peito de Kakashi. Ela esconde seu rosto contra o peito de Kakashi, gritando e chorando. Seu pranto transforma-se em soluços. Kakashi aperta seus braços contra corpo de Kahyo, ele fala:
 

"Esse não é momento de falar isso... mas, parece que o Tobishachimaru ganha altitude a cada segundo. Nesse ritmo, todos nós vamos morrer."

Não houve resposta.

"Mesmo nessa situação, acredito que ainda somos capazes de salvar nossas vidas." Kakashi fala carinhosamente, como se consolasse uma criança. "Eu não sei se vai dar certo, mas eu pretendo fazer o máximo que eu puder."

O rosto de Kahyo continua encostado no peito de Kakashi. Ela murmura de volta: "O que devemos fazer?" Kakashi responde que eles criarão um buraco no balão de ar no componente de flutuabilidade. Ele ouviu de Tazuna, o mestre que construiu o navio, que o balão de ar é preenchido de gás hélio. Um gás não inflamável e não combustível. Mesmo que haja um incêndio, não haverá perigo de uma grande explosão. Se puderem criar, habilidosamente, um buraco no balão, talvez possam pousar o Tobishachimaru.
 

"E se não der certo?"

"Você já perfurou um balão inflável com uma agulha?"

[...]

"Um balão desse tamanho, será a primeira vez..."

Abruptamente, Kakashi parou de falar. Kahyo com os olhos marejados, levantou seu rosto. Ela pergunta o que está de errado. Kakashi acenou com a mão para Kahyo ficar quieta, ele não poderia ouvir Ino em sua cabeça com ela falando. Kakashi pergunta para Ino se Garyo está seguro. Ino responde que ele que tem que tomar cuidado, Shikamaru e os outros estão em perseguição dos prisioneiros fugitivos. Instantes atrás, Ino estava em contato com Tsunade. Ela disse que o Tsuchikage em pessoa está a caminho deles. 

Por um rasgo no navio, Kakashi observa o horizonte. Abaixo, um turbilhão de nuvens cinzentas. Ele pôde ver os preparativos. Três objetos que emitem luz, aproximam-se a uma velocidade impressionante.

Páginas 184 e 185

Kakashi lembra o que Ino tinha dito. Se o Tobishachimaru entrasse em Iwagakure, o Tsuchikage derrubaria o navio. Kakashi pensa consigo mesmo, observando os subordinados de Oonoki. Se for o caso, criar um furo no balão de ar pode sair pela culatra. O gás escapará pelo buraco, empurrando o navio. Se o furo fosse feito na parte da frente do navio, ele seria empurrado na direção oposta. Empurrando-o de volta...

O vento sopra os longos cabelos encaracolados de Kahyo. Isso é suficiente para Kakashi perceber que o vento sopra de leste para oeste. Com essa informação, ele deve repensar o local onde fará o furo. Na pior das hipóteses o Tobishachimaru pode ser empurrado pela corrente de ar. Caso aconteça, ele podem ser jogado de uma lado para outro, como se estivesse numa máquina de lavar.

A velocidade dos pontos de luz cessam, param em pleno ar abaixo deles. Kakashi hesita por um breve instante, mas logo, ele entende a situação. O Tobishachimaru está acima dos limites de vôo do Tsuchikage. O navio eleva-se mais alto do que eles podem alcançar. Kakashi contata Ino:
 

"Não vou deixá-los derrubar este navio."

"Tal coisa não acontecerá."

"...O quê?"

"Por favor, ouça com atenção, Kakashi-sensei", disse Ino. "Ordens de Tsunade-sama. Exploda o Tobishachimaru imediatamente."

"Espere um minuto... Há sobreviventes a bordo do navio."

"Entendo." Antes das comunicações cessarem, Ino falou sem emoção alguma. "Tsunade-sama também entende."

Os olhos de Kakashi recaem sobre a cozinha, onde as pessoas encontram-se agachadas. Várias entraram em colapso. Suas bocas bem abertas, puxando o ar. Houve uma queda brusca na temperatura, de modo que todos tremem de frio. Kakashi pergunta qual a altitude atual para os pilotos. Um dos pilotos, de cócoras, segurando os joelhos levanta seu rosto. Seus lábios mudaram a cor, assumindo um tom roxo.

Ele responde que não têm os instrumentos necessários para saber exatamente o quão alto eles estão... Mas a julgar pela atmosfera rarefeita, ele acha que há algum tempo, eles ultrapassaram a barreira dos 13.000 metros de altitude. Não fazia 10 minutos que o Tobishachimaru receberá os maiores danos.

Páginas 186 e 187

Originalmente, o navio alcançou a altitude 5.000 metros. Durante o ataque dos inimigos e o contra-ataque, Kakashi pressupõe que altitude subiu para 7.000 metros. Após a explosão da gôndola eles alcançaram a marca de 13.000 metros. Uma ascensão de 6.000 metros em 10 minutos. Nesse ritmo, em dez minutos o navio chegará aos 19.000 metros. O sangue de seus corpos irão ferver. Ele não pode permitir que isso aconteça. Kakashi, em frenesi, pensa em alguma solução.

Outro ponto, com a altitude elevada, e devido a diferença de pressão atmosférica, o balão de ar explodirá. Para evitar, eles devem criar um furo no balão de ar, reduzindo a altitude. Nesse caso, o balão não explodirá, e o navio não despencará.
 

Contudo, se destruir o balão de ar dentro de alguma corrente de ar, não sei se serei capaz de controlar o Tobishachimaru...?

"O que é aquele ponto de luz?"

Era a voz de Kahyo. Sua voz não alcançou os ouvidos de Kakashi. Ao repetir mais uma vez, ele volta a si.

"É o Tsuchikage de Iwagakure." Ele respondeu secamente.

"Eles sabem que o navio está carregado de Aobiko, eles pretendem derrubá-lo antes que chegue a Iwagakure."

"Não é só isso. Acabo de receber ordens de Konohagakure... Tenho que explodir este navio."

"Quê!" Kahyo bravejou. "Ainda existem sobreviventes a bordo do navio!"

Kakashi dolorosamente baixou os olhos.

"Eu sinto muito...", disse Kahyo. "É tudo por nossa causa."

"Eu sou um shinobi. Estou preparado para morrer. Entretanto... as pessoas a bordo deste navio, com certeza estavam ansiosas pelo voo. De maneira nenhuma imaginavam que algo como isso iria acontecer..."

Kahyo mordeu o lábio.

"Sinto muito...", continuou Kakashi. "Não tenho intenção de culpar você."

"Não." Kahyo balançou a cabeça. "É natural que me culpem."

"Não há nada que eu possa fazer."

"Antes que saia de Kusagakure, devemos aterrizar o navio?" A cor e a expressão em seu rosto indicam que Kahyo está preparada para morrer. "Se for o caso, vamos destruir o balão de ar."

Páginas 188 e 189

"Não é bom." Agora, foi a vez de Kakashi balançar a cabeça. "Mesmo que criássemos um buraco na bolsa de ar, o máximo que conseguiremos será disputa-lo (navio) com a corrente de ar."

"Eu não disse tal coisa como [Vamos criar um buraco]."

[...?]

"Eu disse [Vamos destruir a bolsa de ar]."

Kakashi serrilhou os olhos.

"Em uma situação difícil e desesperadora como essa, talvez devêssemos tentar." Os olhos de Kahyo incharam de determinação. "Não quero que ninguém mais morra."

Enquanto Kahyo falava, Kakashi dirigiu-se para a popa do navio. Lá, ele encontra uma escada de ferro suspensa no ar. Ele havia utilizado está mesma escada para chegar no componente de propulsão do navio. A casa do leme e o quarto dos hóspedes foram separados do navio quando parte da gôndola caiu. As hélices tinham parado de funcionar. Ele sobe as escadas e andaimes que os trabalhadores costumavam utilizar para inspeções de manutenção. No final do percurso ele estava ao alcance de tocar o balão de ar com mão.
 

Eu tenho que conseguir.

Se o Tobishachimaru continuar a subir no ritmo atual, de um jeito ou de outro, todo mundo morrerá. Não, antes disso, se ele ultrapassar o limite territorial de Kusagakure nós seremos interceptados pelo Tsuchikage. Mesmo que destrua a bolsa de ar, a um risco de incêndio¹. Todos nós podemos ser queimados até a morte.

"Droga, se eu fizer, e seu eu não fizer?..."

Os passageiros refugiam-se no porão do navio.

Respirando fundo, e com um grito, Kakashi acerta o balão de ar com uma kunai, envolta em chakra.

"Gakinn!" (Boom!)

O fio da kunai perfura o balão. Faíscas são dispersas.

Com um ruído 'bachibachi' batendo em seus lóbulos das orelhas. Ele pode ouvir o gás hélio soprar vigorosamente para fora.

[!]

Então, o que ele temia aconteceu.

Era o início de um pequeno fogo avermelhado. Dez segundos depois ele queimava a popa do balão de ar.

Nota¹ - como o gás hélio não é inflamável, acredito que as chamas veem do atrito entre o ar, saindo do balão, e a borda do buraco.

Páginas 190

Gooooooooo! (Som de chamas).

De uma vez só, a camada exterior do balão de ar explodiu em chamas. O incêndio engoliu o ar a sua volta. Rapidamente, o fogo cercou todo o componente de flutuabilidade.

Simultaneamente, o nariz do Tobishachimaru apontou na direção do solo. O navio começou a cair.

Kakashi saltou da escada. Ele correu de volta, partes da escada e andaimes ficaram suspensos no ar. Acima, a bolsa de ar estava sendo consumida pelas chamas. De repente, como se apagadas por um deus, as chamas cessaram. Permanecendo apenas o esqueleto, que também desapareceu gradualmente.

Não havia mais flutuação.

Quando pulou para a cozinha, Kahyo já tinha terminado sua sequência de selos. Ela liberou um jutsu.

"Hyouton: Jisarenhyou!"

Mesmo que sua voz tenha sido abafada pelo vento, seu jutsu não foi.

Com um grande choque o casco do navio, em queda, foi empurrado para cima

[!?]

Páginas 191
 

O Tobishachimaru elevou-se por um momento. Em seguida, o navio aterrisou em uma prancha de gelo, produzida pelo Jisarenhyou de Kahyo.

Devido ao impacto, outra parte da gôndola desintegrou-se.

Enquanto ativa os selos, concentrada no jutsu, Kahyo expressa um triste olhar. Ela carrega um grande fardo, seus braços estremecem. Seu cabelo fica em pé. Um filete de sangue é derramado do canto da sua boca, firmemente fechada.

Com o chakra posto na prancha de gelo, ela começou a crescer na traseira do Tobishachimaru, estendendo-se gradualmente.

Quando mergulharam em um mar de nuvens, eles foram atingidos por um som 'buwa' (lufada). Logo, as nuvens tomaram conta do navio.

Cada vez que a corrente de ar empurra o navio para a borda, tentáculos de gelo restauram o casco do navio em sua posição original, na prancha de gelo.

"Eu vou aterrissar este navio..." Através do pouco espaço entre os dentes cerrados, Kahyo expulsou para fora suas palavras.

"Eu vou ser bem sucedida."

Eles não conseguem ver nada além do cinza das nuvens.

Devido à queda brusca, e a alteração da pressão atmosférica, os ouvidos não estavam equalizados¹. Eles fecham as narinas e engolem um pouco de saliva. Com isso, o tubo auditivo é aberto, e o ar escapa. Em seguido, eles distinguem o som do vento.

Em menos de um minuto, a bolsa de ar vira um esqueleto. A armação remanescente queima, exalando uma fumaça negra.

Nota¹ - nosso sistema de audição e equilíbrio não é preparado para mudanças bruscas de pressão como as que acontecem no mergulho, e por isso existe a necessidade de equalização. Os métodos para equalizar os ouvidos consistem em maneiras de abrir o tubo auditivo para a passagem de ar. amos alguns: fechar as narinas e forçar ar pelo nariz; fechar as narinas e engolir; simular um bocejo. 

Páginas 192 e 193
 

O fogo segue sua investida até queimar tudo, como se pudesse prosseguir ainda mais fundo no navio. Acima de Kakashi e Kahyo, não havia nada, apenas chamas azuis e nuvens cinzentas.

Como o Tobishachimaru continua a cair, atravessando as nuvens. Cada vez que o navio inclina-se para direita ou esquerda, Kahyo produz guardas de gelo, evitando que o navio escorregue para fora da prancha.

O Tobishachimaru sofreu graves avarias. De forma constante, a altitude cai.

Em seguida, sentiram seus corpos flutuarem suavemente.

[!?]

Por um instante, Kakashi flutuou pelo ar.

"O que está acontecendo!?"

"Não há umidade suficiente!" Kahyo gritou novamente. "Não há umidade suficiente para produção de gelo"

[!]

De relance, abaixo do revestimento rasgado da cozinha, Kakashi viu que a prancha de gelo que o Tobishachimaru tinha sido colocado... desapareceu. Não havia nenhum vestígio dela.

Longe dali, o chão amarelado estendia-se a fora. A montanhas eram da cor do outono. Reluzentes e espumantes rios fluíam.

Com perda de seu arrimo de gelo. O Tobishachimaru caia quase que verticalmente.

Kakashi sabe, assim que a altitude baixar de 5.000 metros, o Tsuchikage, que aguarda pacientemente, voara até eles.

Kurotsuchi e Akatsuchi acompanham Oonoki. Eles alinham-se ao Tobishachimaru.

"Ei! Kakashi, parece que não há outro jeito!" O Tsuchikage gritou. "Se é só vocês, eu posso salvá-los... Madame e Kakashi podem pular!"

Kakashi e Kahyo trocam olhares.

Kahyo assenti.

Essa foi a única resposta que ele precisava.

Com isso, Kakashi percebeu que ambos possuem a mesma percepção.

"O que você está fazendo!? Se não pular rapidamente, você será feito em pedaços junto com o navio..."

Contudo, Kakashi, deliberadamente, não deixou seu companheiro terminar de falar.

Da boca de Kahyo partiu um 'Ah', em um tom de surpresa.

De repente, pensando se deve apurar ou não, Kakashi a partir do assoalho solto. Salta para fora do navio.

Seu corpo trêmula no ar.

O vento despenteia seu cabelo grisalho. Uma força de vontade habita seus olhos, tão intenso quanto o frio do gelo.

"Tudo bem, vamos lá!"

Páginas 194 e 195
 

Kakashi pula por cima de Oonoki, que estava recostado. Com o pé ele pisa na cabeça de Akatsuchi (som de 'tonn'), e pula novamente.

"Qu- O que você está fazendo!"

"Kakashi!" Kahyo e Tsuchikage gritaram, chamando sua atenção.

Kakashi reúne todo o seu chakra no braço direiro. "Tenho certeza, vou fazer chover!".

"Kakashi!"

"Vou confiar o resto em você, Kahyo!"

Recuando seu braço direito, totalmente incandescente, Kakashi libera o Shiden com todas as suas forças em direção as nuvens de chuva.

“Wuohhhhhhh!”

Dooooon! (Boom!)

Com grande intensidade, as nuvens se abrem. Por um breve instante, houve um vislumbre do céu azul. Até mesmo Kakashi ficou deslumbrado com a força de sua técnica.

Os olhos do Tsuchikage arregalaram-se.

Relâmpagos surge ao redor do corpo de Kakashi. Como se fossem tentáculos, alongando-se para todas as direções, perfurando as nuvens chuva. De repente, ouve-se um trovão. As nuvens de chuva reúnem-se, um som 'bachibachi' brota das descargas elétricas.

"É perigoso, Tsuchikage-sama!" Gritou Akatsuchi. "Rápido, esconda-se atrás de mim!"

"A ajuda é desnecessária!" Oonoki grita com sua voz de trovão. "Francamente, o povo de Konoha comporta-se de forma imprudente..."

A nuvens de chuva rugem através seus trovões (som de 'gorogoro')... Flashes de relâmpagos riscavam o céu com som de 'pishaa'. No solo, uma grande árvore de plátano foi dividida ao meio.

"Kurotsuchi! Salve esse idiota!"

Com as instruções do Tsuchikage, Kurotsuchi imediatamente persegue Kakashi. Ele havia perdido a consciência e estava em queda livre. Houve um principio de chuva. Ela atinge Kurotsuchi nas bochechas de seu rosto.

Parecia que ele havia perdido a consciência por um longo tempo, no entanto, só havia ficado inconsciente por alguns segundos.

A chuva fria cai sobre seu rosto. Então, Kakashi abre os olhos.

Uma enorme sombra voa bem diante de seus olhos.

[!?]

Páginas 196 e 197 
 

Dentro da gôndola rasgada, Kakashi pôde ver Kahyo, combinado selos freneticamente.

A chuva cai incessantemente. Após liberar o Jisarenhyou, a parte mais inferior do Tobishachimaru despedaça em várias partes. Ela continua fazendo seus cristais de gelo.

Os cristais de gelo ocupam a parte inferior do navio. Liberando pequenos pedaços de gelo no céu, criando uma chuva de prata.

Os pedaços deslizam ao redor do que foi o Tobishachimaru.

Na constante descida, pedaços de gelo se partem, refletindo a luz, dando uma aura de brilho. Era como se o Tobishachimaru tivesse tornado-se um cometa...

Se há um nome, deve ser 'Escada para o Céu'...

Um estrondo ecoou pelo Tobishachimaru. Kakashi o vê, distraidamente pensa que o nome de 'Escada para o Céu' resume bem o que ele via.

O céu estava coberto de pálidos cristais de gelo. Ele estava a deriva, não ouvia som algum.

"Parece que ele acordou" Ele ouviu um voz perto de seus ouvidos. "O que devemos fazer, velhote?"

Kakashi estava sendo carregado no ombro por Kurotsuchi.

"Esse cara queria morrer." Tsuchikage disse. "Não temos outra escolha. Parece que o navio não caíra sobre nossa aldeia. Sendo assim. não temos mais assuntos a tratar neste lugar."

"Ah." Akatsuchi ergueu sua voz. "Alguma coisa está voando de Houzukijyou até nós."

Silenciosamente, Sai, com seu grande pássaro, aproxima-se de Kurotsuchi.

Tsuchikage acenou. "Temos que ir!" disse Kurotsuchi. Ela joga Kakashi na parte de trás do pássaro.

"Diga a Tsunade-hime que nossas vitórias irão acabar. Gradualmente, no devido tempo, vamos entregar nossas obrigações para a próxima geração."

Depois deste breve discurso, Oonoki voou para longe.

Pela primeira vez, Kakashi notou que se aproximava do chão. Ele via uma fumaça branca subindo do pátio de Houzukijyou. As pessoas lá embaixo pareciam formigas.

Ao redor do castelo há uma imensa pradaria. O Tobishachimaru desliza em sua direção. Uma densa nuvem de poeira é levantada.

O Tobishachimaru desliza sobre a relva. O navio inclina-se para frente. Em seguida, para de se mover.

Houve uma comoção no castelo. Imediatamente, uma pequena pessoa corre para fora dos portões. Ela dirige-se ao Tobishachimaru. Essa pessoa parece ser Sakura.

No lado sul do castelo, intensas batalhas são travadas. De repente, um vendaval surge, surpreendendo, um por um, os prisioneiros fugitivos. Não havia dúvida, era o Konoha Senpuu (Furação da Folha) de Lee.

Nota - é difícil imaginar como blocos de gelo podem diminuir a velocidade de queda de algo, como um navio. Embora não tenha fica muito claro no texto, a Kahyo criou várias blocos ou pranchas de gelo, de forma sucessiva e continua. Sempre que um novo bloco era quebrado ou rompido outro era criado, com se fossem degraus de gelo. Cada impacto com um novo degrau diminui a velocidade do navio, até ele pousar de forma mais suave no solo. O fato do navio não despedaçar por completo ou o Aobiko restante explodir com os impactos, matando todos a bordo, são licenças poéticas do autor (deus ex machina).

Páginas 198 e 199

No pátio do castelo, ele viu uma sombra expandir e contrair. Só podia ser Shikamaru. Um grande bola acerta os prisioneiros. Era a Nikudan Sensha (Carro de Combate Corporal) de Chouji.

Pairando sobre o castelo, Kakashi segue em um caminho que conduz até, ao que parece ser, Tsunade e Shizune.

No local há insetos de Shino, armamentos ninja de Tenten, Kiba e Akamaru também estão por lá... Olhando para esses companheiros, algo fervilhou dentro do peito de Kakashi. Eles não precisam de sua ajuda.

Como havia dito o Tsuchikage, gradualmente vamos entregar nossas obrigações para a próxima geração.

Neste momento, algo mudou dentro de Kakashi.

Desde que perdi o sharingan, usava esse fato como desculpa para escapar da responsabilidade de ser Hokage?

Subitamente, ele pensou sob outra perspectiva.

Ao se tornar Hokage, o número de pessoas que devo proteger irá aumentar. Em outras palavras, a qualquer momento, posso ser invadido pela tristeza; semelhante quando eu perdi Obito. Vou ter que arcar com esse fardo pacientemente. Tinha a impressão de que não seria capaz de suportar mais tristezas.

Quanto aos meus compatriotas, mesmo agora, neste momento, eles estão em silêncio apoiando um ao outro. E como se a manhã estivesse se aproximando, e eles despertando ao nascer do sol; seu instinto natural é ajudar um ao outro. Naruto, Tsunade-sama, Shikamaru, Ino, Gai, Lee, Tenten, Choji, Sakura, Sai, Hinata, Shizune, Iruka, Shino, Kiba ...

... Os rostos de todos piscam sucessivamente na mente de Kakashi.

Para esses compatriotas da Vila Oculta da Folha, estou orgulhoso de todos eles, do fundo do meu coração.

Kakashi pensou: Se esses caras precisam de mim, então vou engolir toda tristeza do mundo. Isso é o certo. Vou agarrar toda essa dor junto com eles.

Aliás, falando em se tornar Hokage, talvez seja esse o significado oculto.

 FIM DO CAPÍTULO TREZE



PortalNaruto.net / PortalNaruto.Org / PortalBoruto.Com / Narutonline.tk / Naruto-Shippuden-Boruto.tk / 2009/2017 - Todos os direitos reservados
Boruto todos os Episodios Legendados em Portugues para assistir online! Assistir o anime Naruto Shippuden online com episodios em HD