Você está gostando do
novo mangá Boruto ?


Gostei Muito !
Precisa Melhorar
Muito Fraco
Atenção ! Boruto Episódio 4 - Uma Guerra de Ninjutsus !! será lançado dia 26/04/2017 aqui no site entre 07:00 e 08:00 da manhã !
Kakashi Hiden - Epílogo
Postado Por: Gaara
Data: 2015-04-21 18:09:28

A novela "Naruto - Kakashi Hiden: Hyoten no Ikazuchi" lançada em 04 de fevereiro, junto com volume 72 da série regular, traz Hatake Kakashi como Sexto Hokage e o personagem principal da história. A novela é escrita por Akira Higashiyama (roteirista do filme Naruto Shippuden: Blood Prison).



Para ver outras partes do livro acesse aqui.

-----------------------------------------------------------------------------

Epílogo: Prezado Rokudaime Hokage-Sama

Páginas 212 e 213

As duas primeiras páginas são capa.

Páginas 214 e 215
 

Na floresta ocidental da vila, Kakashi senta-se na base de um grande árvore de bordo.

Embora seja março, estava muito quente, na medida que ele transpirava. A luz do sol atravessava as copas das árvores coníferas, que cobriam sua cabeça.

Ele tirou uma carta do bolso do peito. Assim que cortou o selo, um fraco e agradável aroma roçou a ponta de seu nariz.

Essa fragrância resgatou memórias daquele incidente de quatro meses atrás... O Tobishachimaru tinha sido atacado pela Aliança Armamentista Ryuuha. Lembranças daquele dia brotaram em sua mente.

E, inesperadamente, algumas destas lembranças eram felizes. Ainda ontem, um acordo formal sobre o controle e gestão de Houzukijyou foi debatido entre os Cinco Kage.

Posteriormente, o Tsuchikage, Mizukage, Kazekage e o Raikage visitaram Houzukijyou para uma inspeção. O Raikage (e os outros Kage) queriam ver com seus próprios olhos Kahyo, e determinar sua capacidade. Ao que parece, Raikage começou uma uma luta com ela.

De acordo com os relatos de quem estava presente no momento, o Raikage, com seus fortes punhos, criou uma série de buracos na parede do castelo, ele estava agindo de forma imprópria para sua idade. Parece que ele iria liberar um Lariat.

Ninguém pensava que o Raikage lutaria a sério. No entanto, mesmo que o Raikage usasse um quinto de sua força (igual a um shinobi normal), talvez, se fosse de outra maneira, ele não conseguisse lutar tão elegantemente contra Kahyo. Houve unanimidade nessa observação.

Durante a troca de ataques com o Raikage, Kahyo aproximou-se do peito do seu oponente. E então, na frente do rosto do Raikage, ela estalou os dedos com um som 'Pachin'.

Isso era o suficiente.

A barba do Raikage congelou.

"Urgh, quando você usa este jutsu..."

"Eu sinto muito, Raikage-sama." Os olhos do Raikage arregalaram-se. Ele viu que Kahyo estava sorrindo e rindo docemente. "Arruinei sua linda barba."

A luta terminou sem quaisquer ferimentos para ambos. O Raikage perdeu sua barba. Às suas costas, ele esperava que seus compatriotas de Kumogakure rissem dele.

Mas foi outro Kage que se divertiu do incidente.

"Parece que alguém roubou o doce dessa criança rebelde.¹" Estava implícito que foi o Tsuchikgake que disse.

De qualquer maneira, outro Kage antecipou o desfecho para todos.

Nota¹ - na versão original: "Seu rosto tá igual a um pombo que comeu um peashooter". Peashooter é um mini-gun que dispara pequenos feijões.

Páginas 216 e 217
 

Aptidão de Kahyo estava em par de igualdade com a de Mui, que assumiu a posição de zelar Houzukijyou por Kusagakure. Não havia mais ninguém, senão Kahyo, apropriada para se tornar a senhora de Hozukijyou. Todos concordaram com a decisão do Rokudaime Hokage.

Kakashi abre a carta, dobrada em quatro partes.

Caro senhor, Rokudaime Hokage-sama, como tem passado? Quanto a mim...

"Ok!" Em alto tom, a voz abafada de Gai ecoou pela floresta. "Hoje, vamos dar força máxima de nosso Poder da Juventude, Lee!"

"Sim ,Gai-sensei!"

Lee empurrava a cadeira de rodas. Eles estavam na frente de Kakashi, indo e voltando várias vezes, produzindo um som de 'ehho-ehho'.

"Ah?", disse Gai. Ele ficou surpreso. "Lá, não é o Rokudaime Hokage, Hatake Kakashi-sama?"

[...]

"Aliás, essa carta..." Deliberadamente Gai sussurrou no ouvido de Lee, com a intenção de ser ouvido por Kakashi. "O Kakashi, durante o incidente do Tobishachimaru, enquanto eu depositava um esforço extremo para salvar as vidas dos passageiros...quanta audácia dele! Ele pegou uma menina, uma kunoichi inimiga..."

"Todo mundo na vila esta falando disso. Então é verdade, né?" Lee sussurrou de volta.

"Não vou ser esse tipo de adulto, Gai-sensei."

"Que deu em vocês, hein?..." Kakashi dobrou a carta e colocou de volta no bolso do peito.

"Já disse que não existe nada entre mim e Kahyo. Quanto vezes eu disse isso?"

Gai e Lee ignoram o que Kakashi disse. Eles começam um série de agachamentos com as pernas.

"Meu aluno, você disse tudo!" Com a perna esquerda, Gai realiza os agachamentos facilmente. "Embora esse cara seja o Hokage, tenho a intenção de ajudá-lo, sabe! Ok, hoje serão 5.000 agachamentos nessa perna."

"Sim, Gai-sensei!"

Kakashi levantou-se. Calmamente retirou-se daquele lugar.

O próximo lugar que ele escolheu para ler a carta é na fachada de uma casa de chá.

Ele pede uma xícara de chá verde. Enquanto espera o chá, ele abre a carta de Kahyo.

Caro senhor, Rokudaime Hokage-sama, como tem passado? Quanto a mim...

Páginas 218 e 219

"Oh, Kakashi-sensei."

Virando o corpo, Kakashi vê Shikamaru e Chouji, lentamente dando a volta e aproximando-se da casa de chá.

"O que você está lendo, Kakashi-sensei?", perguntou Chouji enquanto comia batatas fritas ('baribari, som de mastigar'). "Ah, por acaso, é a carta de uma certa mulher? Kakashi-sensei conquistou seu coração pelo abuso da autoridade, certo?"

"Desculpe, você disse [conquistou seu coração]..." Kakashi apressadamente guardou a carta no bolso.

"Quanto a vocês, ainda parece haver um mal-entendido. A respeito do meu primeiro comando como Hokage, não foi, de maneira alguma um abuso de autoridade..."

"Bem, não diga coisas como essa, Chouji.", disse Shikamaru. "Mesmo o Kakashi-sensei, que já passou dos 30 anos de idade. Uma ou duas mulheres, não é algo de se estranhar, certo?"

"Não é isso..."

"Kahyo era realmente linda." Disse Chouji. "Mas ela já está na meia idade."

Os dois sorriem e olham para Kakashi.

[...]

Sem sequer tomar seu chá, Kakashi paga pela bebida, e deixa casa de chá.

Caminhando ao longo da rua principal da vila, ele cumprimenta todos os aldeões um por um. No entanto, enquanto passava por eles, Kakashi podia ouvi-los rir.

Isso é estranho... Kakashi pensou, como todos sabem sobre as cartas que recebi de Kahyo?

Kakashi entrou num beco, onde não havia ninguém.

Examinado o local, ele não avistou qualquer sinal de vida. Assumindo que estava sozinho, ele retirou a carta do bolso mais uma vez.

Caro senhor, Rokudaime Hokage-sama...

"Olha ali."

[!?]

"Ele está sorrindo. Que nojento."

Virando rapidamente a cabeça para trás, na direção das vozes, Kakashi vê os rostos de Sakura, Ino e Hinata. Elas estavam espiando por cima da parede de madeira.

"Hahh!" Surpreso e assustado, a carta saltou desajeitadamente das mãos de Kakashi.

Páginas 220 e 221
 

"Você-, você-, vocês... Dê onde vocês surgiram!"

"Olha como ele está perturbado", disse Ino. "É culpado em seu coração com o que acaba de acontecer. É por isso que ele está tão perturbado "

Os olhos de Sakura recaem sobre ele, como se ela também visse algo nojento.

"Então os rumores são verdadeiros?" Disse Hinata. "Kakashi-sensei pressiona Kahyo-san em troca do cargo de senhora de Houzukijyou..."

"Ah, ah, como se tal coisa fosse possível de acontecer!" Gritou Kakashi.

"Afinal, quem é que está repassando rumores completamente falsos e infundado como esses!?"

No entanto, as meninas já nem estavam ouvindo. Elas estavam sussurrando e murmurando entre si, como se fossem três pardais piando ("piichikupaachiku"). Elas estavam a gorjear. "Ehh, realmente?"... "É inacreditável."..."Já chegou a esse ponto?".

Kakashi começou a andar novamente.

De alguma forma ou de outra, o escritório do Hokage seria o único local onde ele poderia manter sua privacidade.

De volta a rua principal, ele caminhou penosamente. Em seguida, ele se deparou com uma pequena multidão. No lado oposto, alguém gritava em voz alta.

Logo em seguida, todos ali reunidos caem na gargalhada.

"Estou falando sério, vi com meus próprios olhos dattebayo!" A pessoa que estava no centro do círculo... era Naruto.

"Kakashi-sensei rasgou a carta que ele estava escrevendo. Ele estava escrevendo e de repente rasgou ela, dattebayo... Ele com certeza estava escrevendo uma carta de amor dattebayo!"

[...]

"Como Rokudaime Hokage, me pergunto se está tudo bem ele fazer coisas desse tipo!" Naruto levantou a voz despreocupado. "Não estou dizendo que ele não possa se apaixonar, mas caramba, tem um pouco de doença nisso dattebayo... Outro dia, ele estava segurando um flor. Desta forma, um por um, enquanto arrancava as pétalas, ele dizia coisas como 'bem me quer, mal me quer, bem me quer, mal me quer'..."

"É você?..." Os olhos de Kakashi faiscavam. Ele postou-se atrás Naruto, elevando-se acima ele.

"...Ah?" Naruto se virou. O pavor cresceu em seus olhos. "Ka- Kakashi-sensei! Esper- Espere um segundo..."

Gotsunn! (Baque).

Páginas 222 e 223
 

"Por que diabos você está fazendo isso!" Kakashi girou seu punho sobre a cabeça de Naruto. "Não vou permitir que você torne esse assunto pior do que já está!"

"Mas Mas..." Naruto está com os olhos marejados. Enquanto esfrega a cabeça, ele reclama. "Eu era o único que foi deixado de fora... todo mundo estava lutando em Houzukijyou... Quando você estava a beira da morte, eu estava na vila, sem fazer nada!"

"Naruto..."

Naruto rapidamente esfregou os olhos, 'goshi goshi'.

"Desculpe por te machucar", disse Kakashi. "Além disso, não havia motivos para você estar na missão, embora houvesse momentos que você poderia ser útil para mim. No fim, nós precisávamos de você para proteger a vila."

"Eu entendo 'ttebayo..."

"Ah, aí está o cara que não entende uma piada." Shikamaru vinha pelo lado oposto da rua. "Esse idiota andou por tudo, espalhando meias-verdades, uma mistura de fato e ficção. A propósito, ninguém acredita seriamente nessas coisas."

Chouji concordou.

"É isso mesmo!" Do lado oposto também surgiram Sakura, Ino e Hinata. "Todos só estavam brincando um pouco com Kakashi-sensei, certo?"

"Naruto-kun, você está bem?" Hinata estendeu sua mão para que ele pudesse levantar. "Bater nele por uma coisa boba como essa... Kakashi-sensei, isso é horrível."

"Eh... mas esse cara..."

"Naruto foi ferido", disse Shikamaru. "Sendo o Hokage, acho que você deveria entender o que aconteceu."

"Não, mas ele estava dizendo essas coisas..."

"Nós achamos que você deveria pedir desculpas, Kakashi-sensei." Disse Sakura, e Ino continuou. "Foi apenas uma inocente brincadeira, não foi?"

"Ah, tá certo!" Kakashi deixou escapar um suspiro desanimado. "Eu entendo... Entendo... Como posso conseguir o seu perdão?"

Naruto e Shikamaru trocam olhares (um piscou para o outro). Eles sorriem e riem.

Caramba! Assim que viu, Kakashi compreendeu que havia caído em uma armadilha.

"A fim de curar seu coração ferido....", disse Naruto. "Não há nada melhor do que ramen dattebayo!"

[...]

A situação ficou tensa, todos nervosos engoliram um pouco de saliva. Eles aguardavam a resposta de Kakashi.

Páginas 224 e 225
 

"Eu entento, entendo..." Kakashi levanta as mãos, mantendo elas suspensas no ar, em pose de 'eu me rendi'.

"Bem, vamos todos comer ramen agora." 

"Yay!" Gritos de alegria irromperam o ar. "Hooray!"

"Foi uma estratégia bem sucedida dattebayo!"

Oh Deus... Na sua mente, Kakashi balançou a cabeça. De repente, um estranho sentimento brotou dentro dele. Desde que me tornei Hokage, não estou fazendo as mesmas coisas que antes? Todos os dias, comendo, dormindo, e me preocupando com problemas insignificantes. Parece que as minhas responsabilidades são as mesmas, continuar a protegê-los. Talvez eu possa continuar a protegê-los, enquanto esses caras continuarem tolos dessa maneira.

Ei, não é mesmo, Obito?

Em alto astral, ele seguiu seus alunos, que estavam se dirigindo ao Ichiraku.

A luz do sol brilhava sem parar.

Em algum lugar, alguma toutinegra¹ cantava.

Caro senhor, Rokudaime Hokage-sama, como tem passado? Quanto a mim, estou sendo impelida pelo trabalho do dia-a-dia. No entanto, a cada dia, enquanto a estação começa a mostrar sinais da chegada da primavera, estou cumprindo com calma minhas responsabilidades...

Está certa. Em pouco tempo, chegará a primavera.

Nota¹ - toutinegra de arbusto japonês, conhecido no Japão como Uguisu. Seu canto é ouvido a partir da primavera.

FIM DO EPÍLOGO

FIM...



PortalNaruto.net / PortalNaruto.Org / PortalBoruto.Com 2009/2017 - Todos os direitos reservados
Boruto todos os Episodios Legendados em Portugues para assistir online! Assistir o anime Naruto Shippuden online com episodios em HD