Voc est gostando do
novo mang Boruto ?



Gostei Muito !
Precisa Melhorar
Muito Fraco
Fique Atento! Naruto Shippuuden Episdio 485 "Sasuke Shinden Raiko-hen: Coliseu" ser lanado dia 08/12/2016 !
Server AL - Servidores Premium
Sakura Hiden - Captulo Quatro: Seo 1
Postado Por: Gaara
Data: 2016-07-19 01:27:36

A novela "Naruto - Sakura Hiden: Shiren, Haru Kaze ni Nosete" (Naruto - Sakura Hiden: Pensamentos de Amor e Saudade, Passeando na Brisa da Primavera), autoria de Tomohito Osaki, foi lançada em 03 de abril de 2015 no Japão. O livro contém 224 páginas..



Para ver outras partes do livro acesse aqui.


------------------------------------------------------------------------------

Captulo Quatro: Seo Um

Pginas 96 e 97
 

Sai tinha comeado a vigilncia de Kido.

Ele frequentemente saa junto com Magire, o ninja mdico. Dentro da vila, Kido possua vrios esconderijos e instalaes de treinamento. E ento, Sai sabia que ocasionalmente ele iria patrulh-los. No entanto, Sai no sabia o que quer que fosse que Kido estava fazendo naqueles locais.

Em vrias das instituies, Kido tinha colocado etiquetas sensoriais em torno do permetro. Sendo assim, Sai no poderia descuidadamente abord-los.

Apesar de invaso em si no ser impossvel, os inimigos sabiam que Sai estava investigando sobre os incidentes. Se ele os perseguisse demais, no seria um bom plano se eles em seguida destrussem a evidncia. Por outro lado, se ele apenas conduzisse sua vigilncia distncia, como de costume, Sai no seria capaz de romper o impasse da situao.

Ele precisava violar isso de alguma forma.

Trs dias se passaram desde que Kido tinha sido marcado como suspeito. No caminho para casa, Sai notou um pequeno selo que foi fixado em um poste de telefone na beira da estrada.

Era uma mensagem de seu informante. Sai no entendeu o significado do selo, mas parecia como se seu informante quisesse lhe encontrar para conversar.

Ele tinha pedido que seu informante investigasse algumas pessoas do alto-rank do Bingo Book. Agora que ele tinha marcado Kido, Sai no queria saber as informaes sobre eles, por enquanto. Mas uma vez que seu informante tinha investigado por ele, Sai tinha que compens-lo.

No dia seguinte, Sai se encontrou com seu informante.

Eles no se encontram na floresta como da ltima vez. Em vez disso, eles se reuniram nas ruas e em um telhado de um edifcio.

Havia um grande tanque de abastecimento de gua atrs deles, onde Sai e o informante se encontraram.

"Quanto s trs pessoas que Sai-san me disse, eu tentei investig-los. No entanto, parece que todos eles esto limpos de qualquer suspeita."

Disse o informante.

"Tenzen, o nukenin da Vila Oculta da Nvoa, tem estado prximo a Vila Oculta da Nuvem causando danos desde o ano passado... Baraki, aquele da organizao criminal "Bou" foi absorvido por outra organizao. No parece que ele possui o mesmo poder como em seus primeiros dias. Quanto a Genba de Tamanuki, ele faleceu a meio ano de uma enfermidade."

"Entendo, Obrigado."

Sai o agradeceu, e ento lhe pagou a recompensa que tinham acordado.

"Afora isso, no h algo mais que queira falar?"

Quando Sai lhe perguntou, o informante expressou um sorriso com uma dica subjacente.

"Ah, bem... Na verdade, h um punhado de informaes. Mas algo que no parece estar ligado ao incidente que Sai-san est investigando por agora..."

Pginas 98 e 99
 

"Isso no importa. Diga-me sobre isso."

"Posso dizer isso?"

O informante disse enquanto ria e fazia um crculo com os dedos (em um sinal de 'positivo').

"Isso depende do assunto."

Quando Sai o incitou, seu informante falou:

"?A fim de investigar as circunstncias das trs pessoas que Sai-san me disse, eu visitei vrias terras. Enquanto estava fazendo isso, eu ouvi algo algumas vezes. Eram relatos em primeira mo de Uchiha Sasuke."

"Sobre Sasuke?"

Sai levemente franziu suas sobrancelhas.

"Particularmente, acho bom que ele tenha sido avistado. Por hora, Sasuke est em uma jornada para reparar os seus pecados."

"Bem, eu sei que ele est viajando pelo mundo. Mas a partir das histrias que ouvi, de alguma forma, ele tem estado inquietante."

"O que voc quer dizer?"

"Por exemplo, ele foi para uma caverna em algum lugar e atacou um negociante de armas obscuras. No submundo do crime organizado de um determinado pas, ele estava em contato com algo como uma organizao criminosa."

"Por que Sasuke atacaria algum que um negociante de armas?"

"Eu tambm no entendo muito bem, mas o cara que me falou sobre as histrias citou: 'Porque eu pretendo causar o terrorismo em Konoha, ceda uma grande quantidade barata de armamento ninja.' Isso o que Sasuke disse ao negociante. Mas, bem... depois que ele disse algo assim, os inimigos recusaram seu pedido. Ento, ele soltou uma enorme bola de fogo que os matou. Da perspectiva da organizao do crime, parecia que as negociaes haviam sido desfeitas. Mas, no final, parece que tomou outro resultado..."

"Quando voc ouviu as histrias?"

"Eu acho que foi h uma, talvez duas semanas, mas..."

Sai balanou a cabea. Era uma histria improvvel.

"Sasuke no faria algo assim. Eles esto de alguma forma equivocados."

"Eu sei disso. Mas como s ouvi os rumores, e por isso estou reportando isso... No h nenhuma maneira... por isso um assustador acontecimento."

O informante coou sua cabea careca.

"Ah, por falar nisso... eles no esto angariando o prximo oramento da vila para a ANBU?"

Pensando sobre se tinha ou no ofendido Sai, o informante expressou um sorriso forado. Ele havia ligado s histrias.

Pginas 100 e 101
 

"Por hora, Sai-san est investigando o incidente quando o Conselho Honorvel foi atacado. Em referncia a isso, no tem algo a ver com o pessoal da ANBU?"

"Voc um informante qualificado, no? Por at mesmo ter ouvido falar sobre esses tipos de coisas."

"Heheh... Bem, h vrias coisas."

O informante lanou um olhar para cima.

Mesmo quando Sai j queria sair de l, o informante continuou falando:

"?No entanto, a ANBU no uma organizao to bem conhecida, certo? So eles que assassinam pessoas quando recebem seus nomes, certo? Parece que eles escoltavam pessoas importantes. Quando algum tipo de incidente aconteceu, e eles investigaram assim como voc, certo Sai-san?"

"Eu no estou associado com a ANBU mais. De qualquer forma, a ANBU uma organizao que certamente cheia de mistrios. Mesmo quando eu estava nela, no a entendia muito bem."

"Ah, srio? Quando a batalha termina, voc no vai para a cena e reuni diversos dados e coisas?"

[...?]

Sai tinha uma duvidosa expresso em seu rosto.

"O que voc est falando?"

"Eles no fazem algo como um banco de dados dos registros de batalha? Eu ouvi muitas vezes sobre isso de pessoas que fazem tarefas similares. Imediatamente aps a Grande Guerra Ninja, eu consegui perceber caras vestindo mscaras da ANBU de Konoha. Eles estavam perto do Vale do Fim. Parece que eles levaram alguma coisa de l... Parece que eles pegaram fragmentos de rocha e coisas da terra."

Sai inclinou sua cabea.

Para as misses que a ANBU manipulava, eles certamente cobriram uma ampla gama de tpicos parte dos assassinatos. Mas ele no tinha ouvido essa histria de onde eles pegavam coisas de volta do solo na frente de batalha.

"Voc disse que isso foi imediatamente depois da Grande Guerra Ninja?"

"Sim. Depois... Qual o nome daquela ponte novamente?... Sasuke e Danzo-sama... Quando ele perdeu a chance de se tornar o Rokudaime Hokage... Foi na ponte que eles lutaram. De qualquer forma, no mesmo lugar tempo depois, eu acho que eles se encontraram na ponte e a ANBU de Konoha comeou a investigar. Mas eles eram pessoas diferentes. Mas eu tenho certeza que eles eram o pessoal da ANBU. Eles estavam fazendo esse tipo de misso, eu acho."

Sai cruzou os braos e ficou em silncio.

A histria e o fluxo da conversa com o informante estava estranhamente preso na mente de Sai.

"Umm. Sai-san?"

"Vamos entrar em contato de novo."

Quando Sai disse isso, ele pressionou uma recompensa adicional para as mos do informante. Sai ento deixou o local.



PortalNaruto.net / PortalNaruto.Org / PortalBoruto.Com 2009/2016 - Todos os direitos reservados
Download Naruto Shippuden 485 / Baixar Manga Boruto Naruto Next Generations 08 / Todos os direitos reservados