Voc est gostando do
novo mang Boruto ?



Gostei Muito !
Precisa Melhorar
Muito Fraco
Fique Atento! Naruto Shippuuden Episdio 484 "Sasuke Shinden Raiko-hen: Homem Explosivo" ser lanado dia 01/12/2016 !
Server AL - Servidores Premium
Shikamaru Hiden - Captulo 01 - P5
Postado Por: Gaara
Data: 2015-05-23 12:46:36

A novela "Naruto - Shikamaru Hiden: Yami no Shijima ni Ukabu Kumo" lanada em 04 de maro, traz um aventura indita com Nara Shikamaru, dois anos aps a Quarta Guerra Mundial Shinobi. A novela escrita por Takashi Yano, e possui 224 pginas.



Para ver outras partes do livro acesse aqui.


------------------------------------------------------------------------------

Captulo 1 - Konoha (Parte Cinco)
 

Em p na frente de Shikamaru dois novos rostos brancos: um gato e um macaco.

Naturalmente, os rostos animais eram apenas das mscaras, e do pescoo para baixo os dois ANBU eram completamente humanos. Eles estavam com uniformes negros como azeviche que se agarravam sobre suas peles, bem como os coletes de Konoha, recentemente redesenhados.

Os antigos coletes possuam bolsos em ambos os lados do peito, para que o shibobi armazenasse pergaminhos e ferramentas ninjas, mas o novo projeto os eliminou, deixando-o mais simples. Foi um efeito colateral desta era pacfica, que tinha chegado aps o fim da guerra.

Onde deveria haver olhos, como se pintados nas mscaras dos dois ANBU, buracos profundos tinham sido feitos, cavernas escuras. Ambas as mscaras tinham bocas finas pintadas sobre ela, que curvavam-se uma frente a outra. A mscara do gato tinha finas marcas vermelhas sob os olhos. A mscara do macaco havia desenhado densas sobrancelhas vermelhas que o fizeram parecer carrancudo de temperamento. Ambos os ANBU tinham as mos atrs das costas, as fendas dos olhos em suas mscaras exalavam tal sentimento que Shikamaru sentia como se estivesse sendo avaliado.

"Se estes dois, acho que eles podem fazer tudo o que voc est esperando." Disse Kakashi, de onde estava, sentado atrs de sua mesa.

De onde Shikamaru estava de p, o ANBU mascarado-gato estava a direita, e o mascarado-macaco estava a esquerda. Os dois ANBU tinham uma grande diferena de altura. O Macaco tinha 176cm, pouco mais alto que Shikamaru, enquanto que o Gato mal dava nos ombros de Shikamaru.

Assim, o mascarado-macaco era do sexo masculino, e o gato-mascarado do sexo feminino...

Mesmo sem uma diferena de altura entre eles (Shikamaru e ANBU), sua estrutura corporal era muito evidente.

"Para ambos, tirem suas mscaras." Instruiu Kakashi.

As mos dos ANBU ergueram-se para alcanar suas mscaras aps o comando de Kakashi, lentamente abaixando-as e revelando o humano abaixo delas.

Era costume da ANBU usar mscaras com rostos de animais. Uma vez que suas principais misses eram sombrias, como assassinatos ou causar distrbios em pases estrangeiros, eles detestavam deixar que algum descubra suas identidades. Mesmo a maioria dos cidados de Konoha no sabiam quem era ou no era um ANBU.

'As pessoas que vm e vo da vila sem comer nada so ANBU.' Havia muitos rumores e especulaes como essa.

"O homem Rou, e a menina Soku."

Os dois ANBU inclinaram, saudando Shikamaru em tempo da introduo de Kakashi.

"Para ter uma menina to jovem como ANBU..."

" impensvel, certo?" Soku cortou o murmrio de Shikamaru. "Mas, no mundo shinobi, competncia tudo, eu entrei na ANBU provando o valor das minhas habilidades, sabe."

"Ela est certa." Kakashi concordou com Soku.

Shikamaru no podia negar que ele ficou surpreso. Soku era extremamente jovem. Ela era, pelo menos 5 ou 6 anos mais jovem do que Shikamaru, e deve ter recm sada da Academia. Ela tinha bochechas rechonchudas ligeiramente avermelhadas, macias como bundinha de nenm, mas tambm uma boca fina, criando uma carranca sinistra que irradiava determinao. Suas sobrancelhas finas estavam arqueadas, e seus olhos brilhavam de auto-confiana.

Algo nela fez Shikamaru se sentir como se est fosse a verso criana de Temari.

"Hinoko foi reconhecida por suas habilidades e foi absorvida para ANBU no minuto seguinte que se graduou na Academia. Apesar dos 14 anos, ela realizou um grande nmero de misses." Disse Kakashi. "Ela est bem adaptada a ANBU."

"No bom julgar as habilidades de algum com base unicamente em suas aparncias, sabe." Disse Soku, estufando um pouco as bochechas. "E Hokage-sama, eu contnuo a pedir-lhe para no me chamar pelo meu verdadeiro nome, sabe."

"Hinoko... um nome to bonit-"

Em um piscar de olhos, Soku tinha desaparecido da linha de vista de Shikamaru e antes que ele soubesse o que estava acontecendo, um dedo de um laranja brilhante, que continha um chakra disforme, estava pressionando sua testa.

"Eu odeio ser chamado pelo meu verdadeiro nome, sabe. Tenha cuidado para no faz-lo."

Shikamaru podia sentir uma espcie de esttica a partir da ponta do dedo indicador de Soku. Parecia uma verso incrivelmente menor do Raikiri de Kakashi.

O chakra estava estourando a partir da borda dos dedos de Soku...

"Pare com isso agora, Soku."

Aquele que falou era o homem que tinha retirado a mscara de macaco. Kakashi o apresentou como Rou. Ele tinha sobrancelhas grossas, um mandbula forte e era teimoso, os olhos estavam mirando Soku em desaprovao.

"Eu tenho que deixar isso claro desde do incio, sabe." Soku rebateu. "No vou permitir ser desprezado por esse garoto, sabe."

"Minha culpa. Serei cuidadoso no futuro." Shikamaru deu um simples pedido de desculpas. No havia necessidade de agravar a situao ainda mais, ele tambm no tinha tempo para lidar com o temperamento da garota.

Soku voltou seu olhar de Rou para Shikamaru.

"Contanto que voc entenda, sabe." Ela deu-lhe as costas e retornou para onde estava originalmente, assumindo a mesma posio, com as mos atrs das costas.

"Rou pode manipular livremente a qualidade e quantidade de chakra; tanto a sua prpria, como a de qualquer um que ele tiver como alvo e conhecidos." Disse Kakashi, Rou deu um pequeno aceno de cabea.

"Isso significa que voc pode aumentar seu chakra?" Perguntou Shikamaru.

"Uma pergunta inteligente." Comentou Kakashi.

"O chakra que eu posso mudar somente aquele que percebido pelos outros." Disse Rou. "Para explicar, se eu aumento o seu chakra, Senhor Shikamaru, eu no seria capaz de alterar o seu potencial de combate real. Seu chakra s iria parecer maior na percepo de outras pessoas. Em outras palavras, meu jutsu no ser eficiente, se o assunto envolvido no for a manipulao de chakra para criar um engodo."

Rou tinha um padro de fala muito antiquada, e juntamente com seu porte, aparncia dura como rocha, ele parecia mais um samurai do que um ninja.

Shikamaru deu um aceno ao homem para mostrar a ele que entendeu sua explicao, e, em seguida, abriu a boca para falar novamente.

"Quando voc diz que pode mudar a quantidade de chakra percebido, isso significa que voc pode apag-lo completamente tambm?"

No importa como voc olhasse para ele, Rou definitivamente tinha seus quarenta anos. Ele era pelo menos vinte anos mais velho do que Shikamaru.

"Isso possvel. Eu posso fazer o chakra de qualquer alvo desaparecer da maneira que voc descreveu, ao mesmo tempo, permitir que voc o rastreie, Senhor Shikamaru."

Com a maneira antiquada dele falar, Shikamaru esperava algo como 'acossar' em vez de rastrear, ele ficou um pouco consternado ao ouvir uma palavra moderna sair aleatoriamente.

"Eu pensei que seu jutsu fosse o mais adequado para o trabalho, o que voc acha?" Perguntou Kakashi.

"Funcionar. E a pequena?" Perguntou Shikamaru, voltando o olhar para Soku.

As sobrancelhas da menina contraram ao ser chamada de 'pequena'. A criana no parecia estar ciente de que ela era uma criana. Shikamaru no tinha certeza se isso era uma coisa boa ou ruim para a utilidade que ela teria na misso.

"Uma demonstrao seria bom, voc no acha?" Disse Kakashi para Soku.

A menina acenou com a cabea e se virou. Ela estendeu o brao esquerdo, por isso estava de frente para a janela aberta no escritrio de Kakashi. Em linha reta com o que ela estava apontando, Shikamaru podia ver uma andorinha voando.

"Todo o meu jutsu sobre agulhas de chakra, sabe..." Soku murmurou, um flash laranja de chakra explodiu de seu dedo indicador.

Naquele momento, a andorinha que havia se assustado com o som alto, rapidamente voou para se esconder atrs de um pilar do lado de fora da janela.

Se Soku desferisse seu chakra naquele momento, no havia maneira alguma de que pudesse acertar seu alvo. Seu chakra teria atingido a coluna e deixaria apenas um arranho em sua superfcie.

Mas...

No ouve um nico arranho no pilar, do outro lado, a andorinha soltou um estridente e agudo pio.

Shikamaru correu para a janela. Inclinou-se para fora e dobrou o pescoo, seus olhos procuraram nos arredores a andorinha que estava voando, ele encontrou a ave no cho. Ela parecia bem morta.

"Eu no quero que voc me entenda mal, sabe. Sou contra a perda de vidas sem sentido." Falou Soku atrs dele.

Enquanto falava, Shikamaru olhou como a andorinha lentamente voltou aos seus sentidos, bamboleando suas ps ao levantar-se. Em seguida, ela tinha alado voo, voando ainda mais alto do que antes.

"Eu fiz com meu chakra revitalizador perfurasse o alvo desta vez, de modo que ela recebeu muito mais energia do que tinha alguns segundos atrs, sabe."

"Como voc consegui passar pelo pilar?" Perguntou Shikamaru, retirando sua mo de fora do parapeito e virando-se para Soku.

A menina solyou uma risada que revelou sua idade, em seguida, mostrou a lngua em tom de zombaria.

"Uma vez que tenho uma viso do meu alvo, no importa se ele sair da minha vista ou no, minha agulha de chakra ir segui-lo em qualquer lugar, sabe. Minha agulha nunca ir parar seu caminho at atingir o seu alvo."

Ento.

O jutsu de Rou ir apagar a presena de seus chakra, e deix-los infiltrar nas fileiras inimigas sem ser detectado. Quando chegassem ao alcance de Gengo, Shikamaru usaria seu Kagemane para prend-lo. E ento o golpe mortal viria da infalvel agulha de chakra de Soku.

Estava certo.

Eles podiam realmente realiza-lo.

"Posso perguntar uma coisa?"

"Voc pode, sabe." Soku deu um sorriso cheia de confiana.

"Voc pode parar de usar 'sabe' para o final de suas frases?"

 

Eles estavam vindo.

O inimigo.

Oto-nin.

Subordinados de Orochimaru.

Sem espera...

Desde quando eu estava sendo perseguido?

Eu era o nico que deveria estar perseguindo algum.

Algum que deve ser salvo.

Uchiha Sasuke.

Um colega que poderia fazer qualquer coisa perfeitamente, mas com uma personalidade desagradvel.

...Mas ele era um companheiro. Ele realmente tinha que ser salvo.

Eu estava liderando uma equipe pela primeira vez. Fracasso no era uma opo.

Meus companheiros...

Meus companheiros estavam ficando para trs, um aps o outro.

Chouji.

Kiba.

Neji.

E, em seguida, Naruto...

Ns fomos cercados pela escria Oto-nin.

Sinto muito...

Sinto muito, todo mundo.

Da prxima vez, no vou falhar.

Ento, por favor, por favor, no morram-

"POR FAVOR!"

Shikamaru acordou com o som de seu prprio grito desesperado, com a rbita dos olhos dilatadas de pnico. Seu corpo inteiro estava encharcado de suor.

Ele estava sonhando...

Tinha sido sua primeira misso depois de se tornar chunin: recuperar o nukenin Uchiha Sasuke que tinha deixado a vila sob orientao de Orochimaru.

Seus companheiros tinham sido vrios colegas, entre eles Neji. Eles caram, um por um, durante a perseguio a Sasuke. Shikamaru tinha decidido confiar em Naruto e enfrentou um ninja do som em uma luta mano a mano.

E o resultado dessa deciso, Sasuke deixou a vila e todos os seus companheiros sofreram ferimentos graves.

Como chunin, como um lder, sua primeira misso tinha terminado em tremendo fracasso.

Shikamaru colocou a palma da mo em sua testa encharcada de suor, e lentamente puxou uma profunda respirao.

Por que ele teve um sonho como esse?

At agora, ele nunca tinha tido sonhos com esse evento.

Entretanto, era fato que cicatrizes do incidente foram deixadas em seu corao. Shikamaru via a misso de resgatar Sasuke como seu maior fracasso, e nunca deixou de pensar nisso quando julgava a si mesmo.

Ele nunca foi jogando contra a parede como naquele dia...

Os sonhos eram uma manifestao de seu subconsciente.

Sendo assim, sinto com se estivesse sendo jogado contra a parede agora?

"Est tudo bem... Est tudo bem, Shikamaru..."

Apesar de ir contra sua vontade de se acalmar, as palavras saram da boca de Shikamaru antes que ele pudesse det-las. Seu corao ainda batia forte, o sangue que ruge contra seus tmpanos era como um sinal de alerta constante.

Parecia que ele no seria capaz de adormecer novamente esta noite.

Eles estavam apenas aguardando o nascer do sol.



PortalNaruto.net / PortalNaruto.Org / PortalBoruto.Com 2009/2016 - Todos os direitos reservados
Download Naruto Shippuden 485 / Baixar Manga Boruto Naruto Next Generations 08 / Todos os direitos reservados