Você está gostando do
novo mangá Boruto ?


Gostei Muito !
Precisa Melhorar
Muito Fraco
Atenção ! Boruto Episódio 13 - O Monstro Emerge ! será lançado dia 28/06/2017 aqui entre 06:30 e 07:30 da manhã !
pecasauto24.pt
Shikamaru Hiden - Capítulo 02 - P5
Postado Por: Gaara
Data: 2015-07-27 23:18:01

A novela "Naruto - Shikamaru Hiden: Yami no Shijima ni Ukabu Kumo" lançada em 04 de março, traz um aventura inédita com Nara Shikamaru, dois anos após a Quarta Guerra Mundial Shinobi. A novela é escrita por Takashi Yano, e possui 224 páginas.



Para ver outras partes do livro acesse aqui.


------------------------------------------------------------------------------

Capítulo 2 - O País do Silêncio (Parte Cinco)


O escritório do Hokage não poderia ser comparado com o enorme tamanho deste corredor.

Shikamaru estava agachado no meio de um tapete vermelho escuro que rolava da entrada para o interior da sala, através das portas duplas extravagantes.

Ambas as mãos estavam em algemas atrás das costas. Dois 'iluminados' estavam ao seu lado para que ele não pensasse em levantar e causar problemas. Afinal, eles eram shinobi, notariam o momento que Shikamaru fizesse algo suspeito.

Rou e Soku estavam atrás dele. Eles também tinham as mãos presas em algemas nas costas, e guardas nos lados. A única diferença era que ambos estavam com os rostos cobertos por hematomas e cortes profundos, uma clara evidência que tinham sofrido tortura.

Pelo número de refeições e o estado de seu estômago, já fazia 10 dias desde que eles foram capturados.

Em todo esse tempo, Shikamaru não foi torturado nem mesmo uma vez. Gengo tinha visitado inúmeras vezes, ficava por pouco tempo e falava algumas coisas sem sentido, e depois saia. Ele sempre dizia coisas como 'o que devo fazer hoje, um discurso?' ou 'o que deve ser servido no almoço?'. Coisas inúteis e estúpidas.

"Abaixe a cabeça." O 'iluminado' no lado direito de Shikamaru deu a ordem, e encostou a testa dele no tapete.

"Estes são convidados importantes. Você não deve lidar com eles dessa forma." A voz de Gengo veio de longe e alcançou Shikamaru.

No momento em que ele disse isso, o 'iluminado' largou a cabeça de Shikamaru com pressa, endireitando-se profundamente envergonhado por ter sido repreendido.

"Meu subordinado foi rude." Disse Gengo. "Por favor, levante a cabeça."

Shikamaru levantou seu rosto antes mesmo de receber a permissão. Uma escadaria de mármore começou onde o tapete carmesim terminou. No topo da escada, havia um piso, uma estátua extravagante de dragão com um trono entalhado nela.

Gengo estava sentado ali, um perna sobre a outra. Cotovelo esquerdo apoiado sobre o braço, e casualmente massageando sua bochecha com a palma da mão esquerda. O olhar frio, que alcançou Shikamaru era exatamente como a de um governante de um país.

"Traga-os para mais perto." Ordenou Gengo.

Os 'iluminados' nos lados de Shikamaru colocaram seus braços através dos dele, levantando-o e arrastando-o. Eles apertaram o passo, até chegarem no início da grande escada. Rou e Soku foram arrastados da mesma maneira atrás dele.

"Você não está nem um pouco curioso sobre as minhas palavras até agora?" Perguntou Gengo.

"Desculpe, mas não tenho ideia do que você está tentando dizer." Disse Shikamaru.

Gengo soltou uma pequena risada como resposta imediata e firme.

Havia vários 'iluminados' alinhados ao longo de cada lado do trono. Todos eles estavam olhando para Shikamaru com olhos altivos que o fizeram supor que eles eram assessores ou pessoas muito próximas de Gengo. Shikamaru viu a figura de Sai entre as fileiras, já adornado com o manto negro que todos os 'iluminados' usavam. Apesar de terem sido supostamente companheiros, os olhos de Sai não demonstraram nenhum mal-estar ou hesitação. Os olhos de Sai nunca tinham sido tão expressivos para começar, mas nunca tiveram esse olhar vazio, como fizera agora.

"Alguém tão inteligente e bem conhecido como você..." Disse Gengo: "Acho que você já percebeu faz algum tempo o que eu quero de você."

Claro que Shikamaru tinha notado o que Gengo queria. Ele tinha percebido isso há muito tempo, mas era uma ideia ridícula. Nunca iria acontecer. Sendo assim, ele manteve sua boca fechada, nem sequer perdeu o fôlego com isso.

"Torne-me meu braço direito, Shikamaru. Sé é você mesmo, então você será capaz de trazer uma nova existência para esse mundo ao meu lado. Eu posso ver que você é um homem capaz disso."

"Eu passo."

Shikamaru imediatamente cuspiu sua resposta. Seus olhos fervilhavam de uma raiva assassina quando ele olhou para Gengo.

Mas o governante não pareceu nem um pouco afetado. Calmamente observou o olhar sedento de sangue de Shikamaru como se não fosse nada mais do que uma brisa.

"Alguém que reagisse a minha proposta súbita com uma imediata alegria e aceitação não é alguém de quem eu gostaria. Você está indo muito bem, Shikamaru."

"Você me irrita cada vez mais com esse tom onisciente, agindo com se pudesse ver através de todos. O que você poderia entender sobre mim?"

Shikamaru não estava realmente chateado. Ele não era o tipo de pessoa que se deixa irritar, perdendo a calma facilmente. Ele estava agindo dessa forma para provocar uma briga, pois ele queria ver a reação de seu oponente. Isso era tudo que ele queria.

"É impossível para uma pessoa entender o outro completamente." Disse Gengo: "Não será por isso que estou tendo essa conversa com você? Eu não estou vendo através de você. Eu vive um pouco mais do que você, por isso eu percebo um pouco das suas emoções. Se isso, de alguma forma, parece um tanto que arrogante, eu peço desculpas."

"É exatamente esse tipo de coisa que me tira do sério."

"Entendo..." Gengo fechou os olhos e riu de um jeito auto-depreciativo.

Por um tempo, houve silêncio. O olhar de Gengo demostrava que ele estava pensativo.

Ele havia deliberadamente criado uma chance para que o Shikamaru com 'raiva' esfriasse a cabeça...

Se você olhasse de longe a situação, pensaria que Gengo estava fazendo uma pausa para clarear seus pensamentos e se preparar para outra conversa.

No entanto, a realidade era que, se Gengo continuasse a conversa mantendo a atmosfera atual, o Shikamaru com 'raiva' teria transbordado suas emoções ao ponto de ficar tão irritado que recusaria qualquer coisa que ouvisse. Gengo deliberadamente criou um período de calmaria na conversa para evitar que isso acontecesse.

Criando uma pausa para ambas as partes respirarem e se acalmarem, efetivamente a atmosfera entre eles mudou. Mesmo que Shikamaru insistisse em cuspir cobras e lagartos, com a ausente resposta de Gengo ele se tornariam nada mais do que uivos vazios que iriam liberar mais a raiva do que aumentá-la.

Gengo estava levando a conversa para o lugar que ele queria.

Este homem tinha muita prática com negociações...

Finalmente, depois de uma longa pausa, os olhos de Gengo voltaram para Shikamaru.

"Há apenas uma coisa que eu quero perguntar para você, mas você estaria disposto a dar-me uma resposta?"

"Quê?"

Shikamaru lamentou a palavra que disse no momento que ela saiu de sua boca. Mas já era tarde de mais para voltar atrás.

"Por que os shinobi são tão oprimidos e desprezados?"

Oprimidos? Shinobi?

Shikamaru não entendia onde aquele homem queria chegar.

Seu silêncio incentivou Gengo continuar a falar, reforçando sua pergunta com mais diálogos.

"As vilas que os shinobi vivem são, sem exceção, descritas como 'vilas ocultas'. Por que o shinobi deve ficar escondido? Em todos os países deste continente, qual a quantidade de terras que os shinobi podem realmente chamar de suas? Você vai descobrir que é uma parcela muito pequena. E por que isto? Porque há outros que governam a maior parte deste continente. Os Daimiôs."

Bem, ele não estava errado. A vilas shinobi possui o título de 'vila oculta' adicionada ao nome. A maior parte do continente era de fato governada por Daimiôs.

E daí?

De fato, os Daimiôs regiam os países, de modo que as vilas onde os shinobi viviam eram chamadas de 'vilas ocultas'. Isso não fazia os shinobi oprimidos.

Shikamaru realizou seu trabalho na espinha dorsal da União Shinobi, desta forma, ele conhecia um pouco mais sobre o estado do mundo do que outros. Os Daimiôs, e os cidadãos que viviam dentro dos países sob seus governos, todos eles eles co-existem ao lado dos shinobi satisfatoriamente, em uma relacionamento mutuamente benéfico.

"Pense nisso, Shikamaru. Por que os shinobi são oprimidos pelos Daimiôs?"

"Desde de quando os shinobi são oprimidos pelos Daimiôs?"

"Não é apenas os Daimiôs. Nos estamos oprimidos por cada pessoa que não é um shinobi." Os olhos de Gengo pareciam cuspir chamas quando olhou para Shikamaru. "Vou fazer mais uma pergunta."

"Você disse que faria só mais uma pergunta..."

"Eu perguntarei outra." Cortou Gengo rapidamente. "Shinobi detêm um poder diferente de todos os outros seres humanos neste mundo. Você concorda?"

"Chakra e ninjutsu..."

"Bem, você não pode negar que estas habilidades claramente separam os shinobi de pessoas normais."

Shikamaru assentiu quieto.

Gengo parecia satisfeito com isso, e continuou falando.

"E o poder que um shinobi possui ultrapassa os limites da capacidade de um ser humano."

Mais uma vez, Shikamaru assentiu.

A Grande Guerra, que aconteceu há dois anos foi uma batalha que decidiria todas as lutas do mundo. Se a Aliança Shinobi naquela época tivesse sido derrotada, nem Shikamaru e nem Gengo estariam aqui falando agora.

Uchiha Madara, que tinha planejado arrastar cada ser humano da terra em um sonho por um genjutsu gigante, ou Uzumaki Naruto, que assumiu todos as bestas de cauda em seu corpo para que pudesse encerrar a batalha, ambos foram excelentes exemplos de seres vivos que não poderiam ser chamados de 'ser humano' no final nas contas. Era possível, com a evolução da última era, que os shinobi romperam o caminho da 'humanidade'.

"Por que shinobi que ultrapassam o limite dos seres humanos são forçados a viver em 'vilas ocultas'? Por que suportamos esse tipo de vida? Por que somos forçados a trabalhar por nosso rendimento diário como garotos de recados para o Daimiô? Na Grande Guerra, há dois anos, quem foi que salvou este mundo da destruição? Não era o Daimiô. Não foram os cidadãos."

A voz de Gengo aumentou de tom, chegando a Shikamaru e em todas as direções.

"Não foram nós shinobi que salvaram este mundo?"

Qual era esse poder...?

Ele estava fazendo seu coração bater de forma irregular em seu peito.

Shikamaru sentiu algo que não tinha sentido, até aquele momento: a exaltação.

Por que ele se sente assim?

... Talvez Gengo tivesse trazido a tona sentimentos perigosos que se escondiam em algum canto reprimido no coração de Shikamaru, e claramente os colocou em palavras.

Ele estava certo...

Dois anos atrás, shinobi tinham salvado o mundo...

"Incontáveis shinobi lutaram e sacrificaram suas vidas para proteger este mundo, mas quantos cidadãos realmente sabem sobre esse fato? O nome Uzumaki Naruto, alguém adorado em todo o mundo shinobi por ser o herói que deu fim a guerra nem sequer é conhecido por um punhado de cidadãos! Uchiha Madara, Uchiha Obito, Uchiha Sasuke, Hatake Kakashi, os Cinco Kage, a Akatsuki, todos eles, não é um fato que ninguém fora do mundo shinobi nunca fala sobre eles?"

É exatamente como Gengo disse. Não importa quanto os shinobi coloque suas vidas em risco para proteger o mundo, nenhum dos cidadãos que vivem na sociedade jamais iria ouvir sobre isso.

"Está era de paz foi construída sobre pilhas de cadáveres de shinobi, e o Daimiô senta-se em cima dela sem nem um momento de hesitação, confortavelmente continua a governar os cidadãos sem um único pensamento sobre nós. É por causa destes desgraçados que os shinobi foram para o campo de batalha na época da Grande Guerra. Nós viramos barreiras vivas para que o Daimiô e os cidadãos vivam. E no entanto, o que recebemos em troca?"

Nada tinha mudado.

Bem, Shikamaru pensou que não era um desfecho razoável.

Os antagonistas contra a Aliança Shinobi durante a guerra, Uchiha Madara e Ootsutsuki Kaguya, tinha a intenção de agarrar todas as pessoas do continente em um genjutsu e utilizar seu chakra como uma bateria viva.

O resultado, em meio a feroz batalha, todos os cidadãos e Daimiôs tinham caído em um profundo sono.

Mas ainda...

O fato é, não é como se ninguém soubesse o que aconteceu durante a Grande Guerra. Eles simplesmente não falam sobre isso.

"Por que nos shinobi que detemos um poder maior somos forçados a viver em 'vilas ocultas', constantemente à espreita nas sombras, e quanto a nossas vidas diárias?" Gengo se levantou de seu trono. "Será realmente o melhor?"

Gengo deu passo para frente. Em seguida, outro. Ele desceu as escadas lentamente, mantendo o olhar em Shikamaru, enquanto continuava falando.

"Shikamaru. A próxima pergunta é a qual eu realmente quero lhe perguntar."

Gengo chegou ao fim da escada, andou para frente ficando bem na frente dos olhos de Shikamaru.

"Não seria melhor se os shinobi regessem este mundo?"

'Você está errado.'

Shikamaru não podia dizer essas palavras. Não, ele não poderia responder à pergunta.

Ele não sabia o que era certo mais.

"Nós somos shinobi porque nós resistimos."

Não importa quão grande os seus poderes, você serviu as pessoas das sombras e invisível. Isso que um shinobi foi definido a ser.

Porém.

Possibilidades infinitas resultam do chakra e ninjutsu utilizado pelos shinobi. Se os shinobi realmente tomassem o controle dos Daimiôs e seguissem o caminho que Gengo disse, e regessem todos os países, o mundo não progrediria ainda mais do que até agora?

Qual era a melhor escolha para as pessoas?

Ele não podia dar uma resposta.

"Com o poder dos shinobi, eu vagarosamente levantei este país." Disse Gengo. "Eu vou colocar um fim e limpar está implacável era dos senhores da guerra. Com o poder dos shinobi, é possível!"

Matar o homem chamado Gengo... era realmente o melhor?

Shikamaru não tinha mais certeza.



PortalNaruto.net / PortalNaruto.Org / PortalBoruto.Com / Narutonline.tk / Naruto-Shippuden-Boruto.tk / 2009/2017 - Todos os direitos reservados
Boruto todos os Episodios Legendados em Portugues para assistir online! Assistir o anime Naruto Shippuden online com episodios em HD