Voc est gostando do
novo mang Boruto ?



Gostei Muito !
Precisa Melhorar
Muito Fraco
Fique Atento! Naruto Shippuuden Episdio 485 "Sasuke Shinden Raiko-hen: Coliseu" ser lanado dia 08/12/2016 !
Server AL - Servidores Premium
Shikamaru Hiden - Captulo 02 - P6
Postado Por: Gaara
Data: 2015-08-21 10:08:24

A novela "Naruto - Shikamaru Hiden: Yami no Shijima ni Ukabu Kumo" lanada em 04 de maro, traz um aventura indita com Nara Shikamaru, dois anos aps a Quarta Guerra Mundial Shinobi. A novela escrita por Takashi Yano, e possui 224 pginas.



Para ver outras partes do livro acesse aqui.


------------------------------------------------------------------------------

Captulo 2 - O Pas do Silncio (Parte Seis)  


Ele no podia refutar o que Gengo tinha dito...

Shikamaru estava perplexo com o estado abalado do seu corao.

Ele tinha vindo at aqui para matar Gengo.

Ele acreditava firmemente que Gengo era um obstculo para o caminho da paz para os shinobi.

Foi porque ele acreditava nisso que Shikamaru comeou est jornada, acreditando que tinha dito aos seus companheiros uma verdade nica.

Mas agora que Gengo estava de p na frente de seu olhos, agora que ele estava ouvindo o que ele estava dizendo, Shikamaru no tinha certeza se sua maneira de pensar era o caminho certo.

"Alguma vez j pensou porque as guerras se repetem infinitamente neste mundo?" Perguntou Gengo.

A verdade que Shikamaru nunca tinha pensado sobre isso antes.

A partir do momento que este continente chegou a existir, tinha havido um grande nmero de pases que repetiu as mesmas escaramuas entre si, de novo e de novo, entre altos e baixos eles prosseguiram.

E no intervalo entre as relaes desses pases, os shinobi surgiram oferecendo seus conjuntos de habilidades por um preo, ganhando assim espao. Esse foi apenas o modo como as coisas sempre foram, portanto a palavra 'guerra' nem se quer se aplica.

Shikamaru sempre se preocupou com os assuntos do mundo shinobi sozinho. Ao contrrio de Gengo, ele nunca tinha considerado o resto mundo.

Os pensamentos de Shikamaru sempre foram sobre como proteger o futuro shinobi. Como preservar os laos reconciliados entre as vilas. Quo efetivo a unio seria para isso. Como fazer Naruto Hokage. Como construir uma base slida para sua gerao.

As preocupaes de Shikamaru pareciam incrivelmente pequenas em face do que Gengo estava considerando. Seu foco no era o mundo shinobi, mas toda a terra.

"Voc no acha que a razo de toda essa luta nunca parar so porque os Daimis governam a todos, em vez dos shinobi? Porque essas pessoas que nem detm chakra, nem jutsu mantm todos juntos, cada vez que passa para o seguinte, essas guerras nunca acabam. Por no terem pessoas extraordinrias entre eles, no h um pas mais forte do que todos os outros, portanto, no havia ningum para manter todos sob controle. Assim, os pases continuam lutando e reconciliando, de novo e de novo, neste mundo de guerra contnua. Eu estou dizendo a voc sobre um mtodo que ira pr fim a tudo isso. Com o poder dos shinobi, eu e meus 'iluminados' vamos conseguir o que ningum mais conseguiu antes: a unificao do continente."

"A unificao do continente..." Murmurou Shikamaru.

Gengo deu um aceno satisfeito para ele, ecoando as palavras.

"Desde o incio, este mundo tem sido sempre a 'sobrevivncia do mais apto'. Este modo de vida no se estende aos animais. Mesmo os animais chamados de seres humanos no tm sido capazes de livrar-se disso. Neste caso, no justo que os titulares da verdadeira fora, os shinobi, que reinam como os mais forte, fiquem no topo dessa hierarquia? A revoluo que estou falando para realizar exatamente isso: transformar este atpico mundo em algo melhor que ele pode ser."

Pensando se os shinobi so aqueles que devem controlar o mundo...

... Pode no estar errado.

"Senhor Shikamaru."

A voz de Rou surgiu de trs dele. Shikamaru virou a cabea e olhou por cima do ombro para o homem.

"No exatamente como o senhor Gengo disse?" Perguntou Rou. "Por que os shinobi devem ser sempre usados pelos Daimis? Eu sou um membro da ANBU. Eu vi o lado sujo dos Daimis muitas e muitas vezes. Eles pensam em ns shinobi como nada mais do que ferramentas convenientes. Meu melhor amigo foi um homem usado como ferramenta nas guerras entre o Pas do Fogo e o Pas do Vento. No momento em que ambos os pases declararam cessar-fogo, se livraram dele." Uma nica lgrima transbordou dos olhos marejados de Rou. "Um obstculo."

"... Eu tambm penso assim."

Desta vez, o sussurro abafado saiu da boca de Soku. Shikamaru se virou pra olhar para ela, ele pode ver os hematomas roxos escuros colorir seu rosto jovem. Mesmo ela sendo uma criana, Gengo tinha impetuosamente ordenado que seus subordinados a torturassem, juntamente com Rou.

"Eu acho, o que Gengo est dizendo o certo tambm, sabe."

"Hinoko..."

"No apenas os Daimis, tambm aquelas pessoas que vivem nos pases governados por eles, sabe." Soku no se importou que Shikamaru tinha chamado por seu nome real, ela continuou a falar com uma raiva aquecida. "No importa o quo bom voc para as pessoas normais, a cada minuto que ouvem dizer que voc um shinobi, elas comeam a te observar no canto do olho. O olhar nos olhos... horrorizada... suspeito... marcando ns como 'diferentes'. Porque ns temos que derramar nosso sangue, suor e lgrimas para bastardos como esses? Eu no entendo por que, sabe!"

Mesmo que Gengo tinha sido responsvel por suas contuses sobre sua pele, Soku estava olhando para o homem com admirao, como se tivesse esquecido esse fato completamente.

"Entende? Mesmo os seus companheiros esto concordando comigo. O que eu quero fazer algo significativo para todos os shinobi. Shikamaru, venha comigo. Juntos, podemos dar fim a essa poca de guerra?"

Gengo estendeu a mo?

Se Shikamaru pegasse aquela mo, ele no seria capaz de voltar para casa.

No, no estranho pensar em voltar?

Se Gengo realmente unisse todos os pases, que compe o mundo shinobi. Se isso acontecesse, certamente Naruto, Chouji, Ino e todos outros, ele seria capaz de encontr-los novamente.

No, na verdade ele poderia estender um convite para eles, e todos eles poderiam se unir para construir o mundo shinobi.

"Shikamaru. Torne-se meu brao direito."

As palavras de Gengo pressionaram contra a coluna de Shikamaru.

"Eu..."

Shikamaru queria abaixar aquela mo.

Mas...

Uma parte do Shikamaru estava desesperadamente tentando impedir de fazer aquilo.

"Venha." Gengo incitou.

"Q-qu..."

Algo estava entupindo a garganta de Shikamaru. Ele lutou para empurrar sua voz para fora, um caroo espinhoso e, finalmente cuspiu as palavras:

"Por que eu tenho que me tornar um subordinado seu?"

"Oh? Pensar que voc ouviu minhas palavras at este ponto, e ainda se recusa a entender. Voc parece ser muito teimoso tambm."

Algo no estava certo.

Em algum lugar no fundo do corao de Shikamaru, havia algo dentro dele que no acreditava em Gengo. Essa parte disse que no era uma boa ideia submeter-se a este homem. No havia palavras fundamentadas ou explicaes. Uma parte dele no poderia tolerar isso. Um mau pressentimento.

A outra parte dele estava totalmente convencido de que Gengo estava com a ideia certa.

"Muito bem ento, vamos fazer..." Gengo acenou para os guardas ao lado de Shikamaru, em seguida, virou-se e caminhou de volta para onde as escadas comeam.

Os 'iluminados' que tinha sido a guarda de Shikamaru at o momento retiraram as algemas que mantinham as mos atrs das costas. O sbito desaparecimento das restries forou seu corpo mole agachar-se em alvio. Shikamaru mal caiu ao cho, e de alguma forma, manteve seu corpo firme com seu brao direito. Ele olhou para Gengo.

Gengo estava em p, na parte inferior da escada, a apenas alguns metros de distncia. Ele tinha jogado os braos, segurando o seu peito.

"Se voc no pode confiar em mim, ento tente me matar aqui."

"M-matar voc?" A voz de Shikamaru estava tremendo.

"No h nenhuma razo para que voc no seja capaz de me estrangular at a morte com seu jutsu de manipulao da sombra. Continue. Vamos ver se voc consegue me matar."

Por que ele estava to confiante quando disse para Shikamaru mat-lo?

A sensao desconfortvel no estmago de Shikamaru foi crescendo lentamente.

No era algo que faltava, em algum lugar, ele no estava pensando corretamente, no era algo que tinha esquecido...

Shikamaru colocou a mo trmula no cho.

O sol estava brilhando atravs de uma grande janela no lado do salo. A luz brilhante caiu faiscante no brao e tronco de Shikamaru, produzindo uma sombra. O breu comeou a tremer ligeiramente. A tremedeira foi aumentando ligeiramente, sua sombra ondulava e, em seguida, balanava violentamente enquanto tentava voltar a forma original.

"V..." Shikamaru ordenou sua sombra com uma fraca voz. A sombra ondulante transformou-se em uma longa mecha escura que se dirigiu em linha reta para Gengo.

"Agora, no pare, Shikamaru!"

Gengo gritou, seus olhos queimavam brilhantemente. Parecia que ele estava gostando disso.

Sua voz cheia de confiana pressionou Shikamaru por todos os lados.

Sua sombra...

Parou.

Ela parou bem na beira dos ps de Gengo. No importa quanto Shikamaru quisesse, no iria mais longe.

"O que h de errado?" Perguntou Gengo. "Por que voc no est usando sua sombra?"

Por que sua sombras no estava se movendo?

Algo estava estranho, algo estava fora do lugar, algo estava errado...

Pense, pense, pense, pense...

Pense, Shikamaru!

O que voc no est percebendo?

Sua cabea parecia que ia explodir em chamas.

Rou e Soku...

O sentimento em suas entranhas era por causa deles.

Rou e Soku. Ambos eram membros dedicados da ANBU que se especializaram em permanecer leais mesmo sob presso... Ento, por que ambos aceitaram as palavras de Gengo to rapidamente e com tanta facilidade?

Depois de passar por tais torturas sob suas ordens, por que no havia quaisquer sentimentos de hostilidade?

Para os sentimentos alterarem para adorao to rapidamente e facilmente no era possvel.

Tinha que haver um truque. Um truque.

Uma palavra surgiu claramente na mente de Shikamaru.

Genjutsu...

Foi um jutsu que manipulou seus pensamentos e mergulhou em delrios. Rou e Soku pareciam que eles estavam sob um genjutsu.

Nesse caso, em seguida, Shikamaru estava sob genjutsu tambm?

Isso provavelmente era o caso.

Mas, era um genjutsu doujutsu, uma tcnica encadeada pelos olhos. Um bom exemplo disso era o cl Uchiha de Konoha, e seus olhos especiais sharingan, uma linhagem de sangue que mergulha seus oponentes em um genjutsu.

O incidente na praa. Naquele momento, algo havia enfraquecido o jutsu de Rou expondo sua presena para Gengo. Isso no poderia ter sido um doujutsu, Gengo falou e chamou-os de 'ratos', nenhum deles tinha olhado para Gengo nos olhos. Contato visual com o seu adversrio era um requisito absoluta para o doujutsu. No havia maneira dele ter feito contato visual com eles naquele momento.

Ento, como eles lanou o genjutsu em Shikamaru e os outros?

Ele no conseguia pensar. Seus pensamentos eram lentos.

Quando voc pego em um genjutsu, voc precisa de algum para ajud-lo a escapar. Mas ambos os seus companheiros j estavam nas mos de Gengo.

Shikamaru sentiu como se estivesse andando por um pntano espesso e escuro, lentamente afundando mais e mais fundo. No final, ele sabia que sua mente estava cada vez mais controlada tambm.

Logo, ele estaria completamente sob o controle de Gengo.

"Eu realmente no suporto isso..." Pensamentos de Shikamaru foram jogados para fora de sua boca.

Gengo estava olhando para ele com olhos de vitria. Mesmo agora, a sombra de Shikamaru tremeu por meras polegadas longe dos ps do homem.

"Voc no gostaria de dar uma dentro agora?"

Sua voz era suave e calma. Shikamaru podia sentir todo o seu corpo derretendo contra o calor dele. As restantes lascas de sua conscincia estava escapulindo...

A verdadeira natureza do genjutsu de Gengo...

A resposta vaga tinha sido materializada nas profundezas de sua mente, mas antes que Shikamaru pudesse manisfest-la claramente, ele apagou sua prpria vontade.

Ele no se importava mais.



PortalNaruto.net / PortalNaruto.Org / PortalBoruto.Com 2009/2016 - Todos os direitos reservados
Download Naruto Shippuden 485 / Baixar Manga Boruto Naruto Next Generations 08 / Todos os direitos reservados